Primeira-dama, Jill Biden, decora a Casa Branca ‘para o povo’ [galeria de fotos]

Durante a temporada das festas deste final de ano, 50 mil visitantes são esperados na Casa Branca (também conhecida coloquialmente como a “Casa do Povo”, pois pertence a todos os americanos). “Estamos gratos por poder receber os americanos em casa”, disse a primeira-dama, Jill Biden, se referindo ao retorno deste ano à totalidade de visitantes à residência oficial decorada.

Ao longo de seus corredores e salões imponentes, nos sinos brilhantes e nos ornamentos espelhados, “você verá seu próprio reflexo — um lembrete e um pedido para se ver nesta casa”, disse a primeira-dama aos membros da imprensa ao revelar a decoração natalina de 2022.

De fato, “Nós, o povo” é o tema deste ano para a decoração, que inclui 83.615 luzes natalinas, 77 árvores de Natal, 25 coroas de flores e uma casa de biscoito de gengibre adornada com 18 quilos de glacê.

O tema reflete “a fundação de nosso país extraordinário e a alma de nossa nação”, disse Jill. “Nos feriados, os americanos se reúnem todos os anos em companheirismo e fé, nos lembrando de que somos mais fortes em comunidade do que separados.”

Combinação de três fotos de árvores de Natal com flocos de neve projetados no teto (© Nathan Posner/Agência Anadolu/Getty Images); Jill Biden sorrindo de braços abertos (© Andrew Harnick); e enfeite na árvore com a inscrição 'Nós, o povo' (© Jonathan Ernst /Reuters)
À esquerda: decorações de Natal na entrada da Casa Branca (© Nathan Posner/Agência Anadolu/Getty Images); canto superior direito: a primeira-dama, Jill Biden, agradece aos voluntários que decoraram (© Andrew Harnick/AP Images); embaixo, à direita: decorações natalinas exaltam o tema “Nós, o povo” (© Jonathan Ernst/Reuters)

Agradecendo aos 150 voluntários que ajudaram a enfeitar a Casa Branca para as festas de fim de ano, a primeira-dama foi acompanhada por membros da Guarda Nacional e suas famílias — invocando a memória do falecido filho dos Biden, Beau, ex-membro da Guarda Nacional. “Como mãe e avó também da Guarda Nacional, gostaria de dar as boas-vindas às famílias da Guarda Nacional para nos ajudar a abrir esta temporada de festas como minhas convidadas de honra”, disse Jill. “Seu serviço é a personificação de ‘Nós, o povo.’”

“Os valores que nos unem podem ser encontrados ao seu redor: em uma crença na possibilidade, no otimismo e na unidade”, disse ela. “Sala após sala, representamos o que nos une durante a temporada natalina e ao longo do ano.”

Meias vermelhas e brancas penduradas em uma lareira sob o retrato de Abraham Lincoln (© Jonathan Ernst/Reuters)
As meias natalinas da família Biden estão penduradas na lareira entre as decorações de Natal na Sala de Jantar de Estado (© Jonathan Ernst/Reuters)

A Sala de Jantar de Estado se concentra nas crianças, porque a ideia de “Nós, o povo” também incorpora a promessa da próxima geração. Comemorando a fascinação infantil da época, a decoração do quarto inclui as tradicionais meias de Natal da família Biden para o Papai Noel encher na véspera de Natal, “sempre com uma laranja por dentro na área dos dedos (tradição da avó da primeira-dama)”, segundo a Casa Branca.

Duas fotos mostram réplicas de doces de prédios históricos sobre a mesa sob coroas de flores e enfeites de árvores com autorretratos de crianças em idade escolar (© Patrick Semansky/AP Images)
Réplicas do Salão da Independência e da Casa Branca feitas de biscoito, e ornamentos com autorretratos de crianças enfeitam a Sala de Jantar de Estado (© Patrick Semansky/AP Images)

Continuando o tema “Nós, o povo”, uma réplica do Salão da Independência da Filadélfia feita com biscoito de açúcar e uma réplica da Casa Branca feita com biscoito de gengibre — com uma cópia da Declaração da Independência como pano de fundo — adornam a Sala de Jantar de Estado.

Além disso, uma árvore de Natal próxima é adornada com enfeites feitos como autorretratos por estudantes de todo o país, garantindo que as crianças se vejam na exibição natalina.

Duas fotos: uma mostra representações do gato e do cachorro da família Biden saindo de pacotes de Natal e a outra, um cartão de receitas de Jill Biden decorando uma lareira (© Patrick Semansky/AP Images)
À esquerda: representações do gato e do cachorro dos Bidens no Salão Vermeil. À direita: a receita de uma torta crocante de maçã da primeira-dama em uma lareira no Salão de Porcelanas (© Patrick Semansky/AP Images)

A decoração do Salão Vermeil (francês para prata dourada) representa como os americanos demonstram apreço uns pelos outros e retribuem às suas comunidades. O salão está repleto de presentes caseiros esperando para serem descobertos na varanda de um vizinho, e elementos extravagantes — representações em tamanho real do gato da família Biden, Willow, e do cão pastor alemão, Commander — adicionam um toque humorístico.

No Salão de Porcelanas, que abriga utensílios de mesa usados por famílias presidenciais anteriores, o design gira em torno de comida e tradições familiares. Há lembretes de receitas apreciadas passadas de geração em geração, incluindo uma cópia do cartão de receita de torta crocante de maçã da primeira-dama, sobre a lareira junto com vegetação sazonal.

Três árvores de Natal no canto da sala com duas grandes coroas de flores penduradas nas janelas (© Patrick Semansky/AP Images)
Árvores dedicadas às famílias Estrelas Douradas (famílias que perderam um membro do serviço militar) estão em exibição na Casa Branca (© Patrick Semansky/AP Images)

Ornamentos espelhados com os nomes de militares mortos em combate cercam as árvores no saguão da Ala Leste. “As ‘árvores da Estrela Dourada’ homenageiam os heroicos homens e mulheres das Forças Armadas de nossa nação que deram suas vidas por nosso país, aqueles desaparecidos em combate e as famílias que carregam seus legados”, afirma a Casa Branca.